Museu do Traje de São Brás de Alportel

O segundo caso, do Museu do Traje de São Brás de Alportel , localizado a sul de Portugal, é um museu criado numa antiga quinta, dispondo de uma residência senhorial onde está instalada a coleção permanente, e um espaço amplo, de ar livre, onde ser realizam vários eventos, feiras e atividades do museu. Através de fundos comunitários foram construídas algumas instalações para instalação do depósito de objetos, biblioteca, bar e espaços de exposição temporários.

A nova museologia assume-se neste museu como uma forma de gestão. Através dum contacto com a comunidade local, foram identificados um conjunto de problemas relevantes para a vida local e da região. Essas questões são trabalhadas no museu por via da participação da comunidade, que se organiza com a forma de grupos. O museu é também um espaço de criação e de empreendedorismo. Está aberto a iniciativas de criação do próprio emprego, oferecendo o espaço através de trocas justas de bens e serviços. O modo de gestão do espaço tem procurado refletir de forma aprofundada na relação entre o museu e o espaço evolvente e a comunidade. As questões da sustentabilidade das atividades do museu constituem uma prioridade na programação das atividades.

 

Anúncios